ALL PIGS MUST DIE – HOSTAGE ANIMAL 

Conhece o som feito pela All Pigs Must Die? Este supergrupo que reúne membros de Converge, Trap Them e Bloodhorse não dava as caras desde o Nothing Violates This Nature de 2013. Quatro anos se passaram para finalmente termos a chance de conferirmos seu terceiro álbum de estúdio intitulado Hostage Animal, lançado no dia 27 de Outubro via Southern Lord Records.

Inicialmente eu iria dizer que o álbum começa já mostrando as garras, mas seria um equívoco. O ataque iminente desferido pela faixa título é impactante e desnorteante, ela age de maneira instantânea através do instrumental caótico e agressivo que te levará aos limites, sendo a dona de um refrão que me deixou alucinado logo na primeira audição. E se esses são os motivos que fazem a APMD chamar sua atenção, “A Caustic Vision”, “Meditation Of Violence” e “Moral Purge” vão saciar sua vontade.

Esse é um daqueles álbuns que após um certo período eu não seria capaz de escolher minhas faixas favoritas pensando rapidamente. À medida que você vai absorvendo tudo o que a banda te oferece em Hostage Animal, você nota um equilíbrio incrível entre as dez faixas. E ainda mais se levarmos em conta a forma como a banda tenta expandir seus limites inserindo elementos de outros gêneros em sua música.

Nas faixas “Slave Morality” e “End Without End” a banda caminha por ritmos mais arrastados do que o habitual, introduzindo algumas passagens atmosféricas e conduzindo ambas as faixas para dois desfechos singulares, são algumas mudanças no panorama no álbum que são nítidas e palpáveis. O mesmo pode ser dito sobre a faixa de encerramento “Heathen Reign”, onde esse lado atmosférico é ainda mais atuante e a banda passeia por maiores variações. Ela continua descendo a ladeira mas com um pé no freio, conduzindo as coisas de uma forma menos agressiva e dando mais espaço para que outras influências possam ser melhor aproveitadas.

Hostage Animal é um álbum que eu recomendo fortemente, independente de você ser um grande apreciador do estilo ou apenas procurando por alguma recomendação de lançamento. É impiedoso, abrasivo e surpreendentemente viciante.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: