Spirit Adrift – Curse of Conception

A Spirit Adrift surgiu no ano passado chamando atenção com o ótimo álbum de estreia Chained to Oblivion, aliando composições fortes e faixas memoráveis a banda colheu diversos elogios. Na época eu não fiz uma resenha completa do álbum mesmo tendo um grande apego por ele, mas embora esse detalhe meu sinal de alerta em relação à banda e seus próximos lançamentos estava ligado, e dessa vez, não poderia deixar de trazer uma resenha sobre novo álbum Curse of Conception, lançado no dia 6 de Outubro pela 20 Buck Spin.

Caso você ainda não conheça a banda, imagino que esteja curioso para saber o motivo da minha adoração por ela. Bem, não há nenhum grande mistério. A Spirit Adrift não é uma banda que está propondo renovações drásticas no gênero, pelo contrário, a banda demonstra uma valorização tremenda daquilo feito por bandas do Doom Metal Tradicional. E em Curse of Conception, a banda além de manter essa pegada agradável também traz uma série de elementos vindos do Heavy Metal Clássico e algo da NWOBHM que sem dúvida revigoraram sua música de uma forma que fará fãs de bandas como a Khemmis sentirem uma grande identificação.

As composições são primorosas e bem executadas, vendo a banda abraçar cada vez mais influências e sempre introduzir um novo gancho que fará sua imersão no álbum ser grande e completamente proveitosa. Além de contar com guitarras melódicas que ditam o tom do trabalho, as inserções acústicas sem dúvida dão um toque especial, seja no decorrer da “To Fly On Broken Wings” ou servindo como introdução na “Earthbound” ou na instrumental “Wakien”.

E assim como em Chained to Oblivion, a performance vocal de Nate Garret dá mais brilho à cada instante do álbum. Partindo de linhas épicas, passando por momentos de uma presença imponente e poderosa, até chegar à momentos em que sua sutileza e forma passional de se expressar consegue transmitir perfeitamente todo o clímax construído em faixas como “Spectral Savior” e “Onward, Inward”, minhas favoritas do álbum.

Mantendo aquilo que funcionou em Chained to Oblivion mas sabendo como dar um passo adiante, Curse of Conception é um álbum que agrada pela execução bem sucedida, riqueza de detalhes e um lado cativante que te acompanhará ao longo de todo álbum. Altamente recomendado!

Tracklist:
01 – Earthbound
02 – Curse Of Conception
03 – To Fly On Broken Wings
04 – Starless Age (Enshrined)
05 – Graveside Invocation
06 – Spectral Savior
07 – Wakien
08 – Onward, Inward

Acompanhe a Spirit Adrift no Facebook

20 Buck Spin.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: