Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs – Feed the Rats

a0773030194_16

Facebook / Bandcamp
Rocket Recordings 

 

Não é todo dia que vemos uma banda com um nome igual ao da Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs e dificilmente encontraremos algo que no mínimo seja parecido. O que é bom, um nome que se destaca em meio aos demais reforça a identidade do grupo. Mas vamos ao que interessa, a banda lançou no mês de Janeiro o álbum Feed the Rats, o qual eu já dou um breve spoiler e digo: vale a pena ser conferido.

As três faixas do álbum se destacam pela intensidade apresentada no ritmo, muito disso graças aos riffs massivos criados pelo grupo e que estão generosamente espalhados pelo álbum. Outra característica marcante do álbum é a duração das faixas. “Sweet Relief” é a mais curta e atinge pouco mais de quatro minutos de duração, logo, é a mais imediata e direta do álbum, aquela que logo na primeira audição fará você notar com maior exatidão como a banda não poupa no peso instrumental.

“Psychopomp” e “Icon” ultrapassam os 15 minutos de duração cada, extensão marcada pelas variações menos constantes, a banda aposta em uma repetição dos ritmos principais e felizmente eles ao menos para mim não se tornaram exaustivos. E por mais que eu aprecie quando as variações ocorrem com uma frequência maior, esse motivo talvez seja o que torna a música da Pigs tão eficiente. Toda essa onda sonora repleta de peso, intensidade, um verdadeiro caos para os meus ouvidos, fica melhor a cada audição. E o fato da banda reunir influências vindas do Stoner, Doom, Sludge, Rock Psicodélico, entre outros, é mais um ponto positivo para que a música da Pigs consiga tal efeito. Você vai notar vários elementos e estilos sendo abordados ao longo do álbum, isso somado ao vocal alucinado e potente que berra incessantemente nas três faixas, dão o toque final em Feed the Rats.

Faixas Favoritas: Todas!

(translation in the comments)

Anúncios

Uma opinião sobre “Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs – Feed the Rats”

  1. ALBUM REVIEW: Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs – Feed the Rats

    It’s not every day that we see a band with a similar name to the Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs Pigs and we will hardly find anything that at least remember it. Which is good, a name that stands out in the midst of others reinforces the group’s identity. But let’s go to the point, the band released in January the album Feed the Rats, which I already give a short spoiler and say: It’s worth being checked!

    The three tracks of the album are highlighted by the pace’s intensity, many thanks to the massive riffs created by the group and that are generously scattered throughout the album. Another striking feature of the album is the duration of the tracks. “Sweet Relief” is the shortest and reaches just over four minutes of duration, so it is the most immediate and direct from the album, the one that soon at the first audition will make you notice more accurately as the band does not have mercy in doing a heavy instrumental.

    “Psychopomp” and “Icon” exceeds the 15 minutes of duration each, extension marked by the less constant variations, the band bets on a repeat of the main rhythms and fortunately they at least have not become exhaustive. And as much as I appreciate when variations occur with a higher frequency, that reason may be what makes their music so efficient. This whole sound wave filled with weight, intensity, a real chaos to my ears, is better at every audition. And the fact that the band gather influences from Stoner, Doom, Sludge, Psychedelic Rock, among others, is another positive point for their music to achieve such effect. You will notice several elements and styles being approached along the album, this summed up to the hallucinated and potent vocals that incessantly shouts on the three tracks, give the final touch to Feed the Rats.

    Favourite tracks: All!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s