Kvalm – The Greatest Story Ever Told

Padrão

Facebook / Bandcamp

Suicide Records 

Kvalm é uma banda estreante na cena, o grupo sueco tem em sua história uma origem que vai criar uma identificação com muitos. Quem nunca reuniu os amigos para beber umas cervejas, conversar sobre música e tirar uns sons por diversão? Após algum tempo a banda começou a se dedicar em criar músicas autorais e o resultado disso é o EP The Greatest Story Ever Told, lançado no dia 1 de Março pela Suicide Records.

Rotular a música feita pela Kvalm não é algo que sirva para dar uma noção exata daquilo que você encontrará no EP. Há aquela sujeira e densidade do Sludge, o peso e ritmo arrastado do Stoner / Doom e ainda algo vindo do Post-Rock, que dá um tom atmosférico interessante à musica feita pela banda enquanto ela dispara seus timbres graves e riffs pesados.

A faixa de abertura “Ready the Trumpets” já transmite o clima sombrio que será recorrente em todo o EP. A sutileza inicial da faixa cede espaço para um instrumental denso e repleto de vocais que transmitem um tom emocional sincero. A faixa título também se inicia com um ritmo ameno, acompanhado por um breve sample. O tom atmosférico se mantém envolvente enquanto a banda distribui uma série de riffs pesados, mas eis que a banda demonstra uma variação interessante e promove uma quebra no ritmo introduzindo  uma passagem leve, suave e “limpa”, bem característica do Post-Rock.

“Number Five” é a seguinte e aplica um Stoner / Doom direto e monolítico que se desenvolve sem muitas surpresas, o que não chega a ser algo negativo nesse tipo de abordagem. O desfecho ocorre com “Vigil”, a faixa mais sombria, profunda e talvez a mais pesada do EP. Uma abordagem mais agressiva e intensa caracterizaram a maior parte da faixa, com pequenas passagens calmas que servem como um ponto de união.

Para um EP de estreia vale ressaltar que é interessante a ideia da banda de promover uma combinação e exploração de estilos, é algo que permitirá a banda criar algo mais pessoal e expansivo no futuro. No momento, digo que fiquei satisfeito com o que encontrei no EP.

Anúncios

Um comentário sobre “Kvalm – The Greatest Story Ever Told

  1. Kvalm is a newcomer on the scene, the Swedish group has in its history an origin that will create an identification with many people. Who ever met friends to drink a few beers, talk about music and make some sounds for fun? After some time they started to dedicate themselves to creating their own music and the result is EP The Greatest Story Ever Told, released on March 1st by Suicide Records.

    Labeling the music made by Kvalm is not something to give an accurate notion of what you’ll find on the EP. There’s that filth and density from Sludge, the dragged heavy rhythm from Stoner / Doom and yet something coming from Post-Rock, which gives an interesting atmospheric tone to the music made by the band.

    The opening track “Ready the Trumpets” already conveys the somber mood that will recur throughout the EP. The initial subtlety of the track gives way to a dense instrumental leaded by vocals that convey a sincere emotional tone. The title track also begins with a mild rhythm, accompanied by a brief sample. The atmospheric tone remains engulfing as the band distributes a series of heavy riffs but here the band demonstrates an interesting variation and promotes a break in the rhythm by introducing a light, smooth and “clean” passage, very characteristic of Post-Rock.

    “Number Five” is the following and applies a direct and monolithic Stoner / Doom that develops without many surprises, which is not bad for this kind of approach. The outcome comes with “Vigil,” the darkest, deepest and perhaps heaviest track on the EP. A more aggressive and intense approach characterized most part of the track with small quiet passages that serve as a point of union.

    For a debut EP it’s worth mentioning that the idea of ​​the band to promote a combination and exploration of styles is something that will allow they to create something more personal and expansive in the future. At the moment, must say that I’m satisfied with what I found on the EP.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s