Destaques de Janeiro (2017)

A primeira edição de nossas recomendações mensais do ano traz alguns lançamentos interessantes e de estilos variados, como não poderia ser diferente. Em Janeiro tivemos alguns lançamentos bem agradáveis vindos de bandas que podemos considerar “desconhecidas”, a cena se mantém movimentada e com isso temos algumas recomendações para esquentar sua playlist no início do ano.

Vale lembrar que não estão inclusos os álbuns que foram resenhados, que já são mais do que recomendáveis . A intenção do post é dar espaço para outras bandas terem seus materiais divulgados. Espero que nossa lista possa contribuir de forma positiva com vocês!

 

Mangog – Mangog Awakens

617208

Facebook / Oficial / Spotify

Para os menos desavisados, a Mangog é uma banda que aposta em uma sonoridade seguindo a linha mais tradicional do Doom, trazendo elementos vindos de bandas como Trouble, Pentagram e Candlemass. O debut do quarteto americano foi lançado pela Argonauta Records e mantém o bom retrospecto do selo em sempre estar envolvido com lançamentos de qualidade. Nove faixas viciantes, sombrias e pesadas.

Carbo – The In-Between

a1479492909_16

Facebook / Bandcamp / Spotify

Um dos primeiros lançamentos nacionais do ano vem carregado de muito peso, fuzz e um ritmo alucinante. A Carbo executa um Stoner Rock que dificilmente passa despercebido além de incorporar alguns elementos vindos das cenas mais clássicas. The In-Between definitivamente é um álbum que não poderia ficar de fora da nossa lista.

White Light Cemetery – Careful What You Wish For

a1842382461_16

Facebook / Bandcamp

Transitando pelo Stoner Rock, Blues e Southern Rock, A White Light Cemetery lançou um dos álbuns mais agradáveis do mês pelo selo da Ripple Music. O álbum traz oito faixas que servem perfeitamente para a trilha da bebedeira, são tocantes, bem executadas e seguem uma dinâmica fácil de ser assimilada.

Double Horse – Double Horse (Demo)

a0154905950_16

Facebook / Bandcamp

Primeira demo da banda espanhola Double Horse, que executa um Stoner / Doom pesado, sombrio e monolítico. A banda incorpora bem uma vibe mais psicodélica em sua música e consegue ganhar a atenção pelo ótimo desempenho demonstrado nas cinco faixas presentes na demo. Vale  a pena ficar de olho nesses caras!

Tar Hag – Elder Cloak

a1147649476_16

Facebook / Bandcamp

Tar Hag e seu Sludge / Stoner / Doom bem aos moldes clássicos é sem dúvida um lançamento que deve ser escutado. A sonoridade da banda é algo cru, direto e sem firulas, emplacando uma série de ótimos riffs e um instrumental obrigatoriamente sujo, Elder Cloak tem seis faixas totalmente indicadas para os apreciadores desse tipo de som.

Demonic Death Judge – Seaweed

a0214278371_16

Facebook / Bandcamp

Um dos principais lançamentos do mês e talvez o mais aguardado, o terceiro full lenght da banda finlandesa Demonic Death Judge reafirma o motivo da banda ser uma das principais referências da cena recente do Sludge. Seaweed é pesado, agressivo e definitivamente esmagador. Oito faixas para serem escutadas sem moderação!

DSW – Tales from the Cosmonaut

a3532211140_16

Facebook / Bandcamp

A banda italiana DSW retorna com um álbum empolgante, com um mix bem realizado entre Stoner Rock, Hard Rock, Blues entre outras sonoridades. Contando com um instrumental bem organizado e com variações que não deixam o álbum se tornar repetitivo, a DSW entrega ao ouvinte um álbum que corresponde às expectativas que cercavam a banda antes do lançamento do trabalho.

Pigs, Pigs, Pigs, Pigs, Pigs, Pigs, Pigs – Feed the Rats

a0773030194_16

Facebook / Bandcamp

Feed the Rats é uma das grandes surpresas do mês de Janeiro, o novo álbum da banda inglesa é sem dúvida um “must listen”. Com influências que passam por nomes como Sleep, Earthless, Black Sabbath e Hawkwind, o álbum traz uma dose generosa de psicodelia em adição ao instrumental intenso repleto de riffs grandiosos. São apenas 3 faixas (duas delas ultrapassando os 15 minutos de duração), mas a sonoridade da Pigs é massiva e bem executada.

Heavy Temple – Chassit

a2923483232_16

Facebook / Bandcamp

A banda Heavy Temple lançou um EP com a temática influenciada pela obra A Torre Negra, do Stephen King. Isso já seria um grande motivo para eu conferir o EP, mas vale ressaltar a parte instrumental do EP Chassit. A Heavy Temple executa um Psych Doom muito agradável e bem conduzido, as quatro faixas presentes no EP são viciantes.

Amniac – Matriarch

a2757649066_16

Facebook / Bandcamp

Encerrando a lista temos a banda grega Amniac. Tendo entre suas influências bandas como Isis, Cult of Luna e Amenra, a banda executa um Sludge / Post-Metal mais direto e menos complexo do que esses nomes clássicos do estilo, mas consegue conduzir o álbum de uma forma muito coesa e acerta no tom das faixas. O mix entre os vocal harsh e limpo são bem realizados e a banda consegue criar faixas mais pesadas que não deixam de lado o instrumental mais elaborado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s