Necro – Adiante

Facebook / Bandcamp / Spotify
Brasil
Abraxas


O terceiro álbum da Necro é uma experiência sonora única e magnífica, o power trio se mostra em grande forma e nos entrega um dos lançamentos nacionais mais significativos do ano. ‘Adiante’ marca o início oficial da Abraxas atuando como selo, algo que por si só já é uma grande notícia para o público e bandas nacionais, e sem dúvida, vai render bons frutos no futuro.

‘Adiante’ transborda aquela vibe retro e saudosista ao longo das sete faixas que formam o álbum, conduzido de uma maneira cheia de naturalidade na qual a banda aplica sua marca na música,  você está ouvindo uma sonoridade fortemente marcada por elementos do Hard, Heavy Psych e Prog dos anos setenta, mas no final você sabe que é a Necro, a banda não se descaracteriza ou se perde em suas influências ao longo do trabalho, ela nos mostra um lado criativo que agrada e te instiga a mergulhar de cabeça dentro da ideia do álbum. E claro, eu não poderia deixar de mencionar a arte fantástica feita pelo Cristiano Suarez, capaz de deixar qualquer um boquiaberto com a qualidade e riqueza de detalhes.

Lillian Lessa, Pedro Salvador e Thiago Alef apresentam uma química incrível e entregam performances de alto nível, que transmitem uma energia positiva e contagiante ao longo do álbum. A abertura ocorre com “Orbes” e é quase impossível não se atrair pelo ritmo vibrante e a grande harmonia entre os vocais de Lillian e Pedro. A minha relação com a faixa título foi de admiração imediata, ela possui uma pegada que remete o Southern / Country e algo mais na veia do Hard e Blues Rock tradicional, contando com uma performance sensacional da Lillian no vocal, que é cativante do início ao fim. “Azul Profundo” reforça a qualidade encontrada no instrumental da banda, contando com muita organização e momentos marcantes de cada instrumento. Lillian e Pedro se alternam nos vocais e é fascinante como a voz dos dois se misturam em perfeita harmonia.

“Viajor” não deixa a vibe electrizante diminuir e emplaca um ritmo inicial frenético que não podemos ignorar, além dos escapes psicodélicos que marcam o álbum e aqui se mostram ainda mais eficientes. “Entropia” e seu dom natural de nos envolver em suas belas melodias logo nos instantes iniciais da faixa, por instinto você começa a cantarolar junto de Lillian e Pedro. Ritmos cativantes que transitam pelo Blues e Psicodélico com extrema facilidade e novamente fazendo uso marcante do órgão. “Espelhos e Sombras” possui um riff principal pra lá de marcante e transições bem distribuídas, sempre entregando um feeling incrível ao longo dos seus seis minutos de duração. “Deuses Suicidas” é o encerramento de ‘Adiante’, um último suspiro dessa atmosfera vibrante e psicodélica que irá te deixar pedindo por mais antes mesmo que a faixa chegue ao seu fim. A faixa apresenta uma evolução impressionante e tem todos os pontos positivos que a banda nos apresentou durante todo o álbum. Um desfecho épico para um dos melhores álbuns do ano.

‘Adiante’ está disponível nas mais diversas plataformas e sites, então não há desculpa para não conferir o trabalho incrível feito pela banda.

 

Tracklist:
01 – Orbes
02 – Adiante
03 – Azul Profundo
04 – Viajor
05 – Entropia
06 – Espelhos e Sombras
07 – Deuses Suicidas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s