Call of the Void – A.Y.F.K.M.

Padrão

Estados Unidos
Facebook / Bandcamp
Translation Loss Records

Meu primeiro contato com a Call of Void ocorreu no início de 2015, na ocasião eu tive a oportunidade de resenhar o álbum Ageless para o Ignes Elevanium. Quase dois anos depois eu tenho a chance de falar novamente sobre um lançamento deste quarteto americano, desta vez com o vindouro EP A.Y.F.K.M.

Não há muito mistério em relação ao que a banda faz, ela mantém toda aquela imundice do Sludge em combinação com influências que trazem a agressividade do Grindcore e toda aquela energia do Crust e Hardcore Punk, o que torna uma simples definição de seu som algo subjetivo e que vai além de qualquer rótulo disponível.  A.Y.F.K.M. possui 5 faixas que apresentam um processo de composição bem realizado e que é presenteado com uma produção de alto nível, transformando o resultado final em algo digno dos mais sinceros elogios.

“Get in the Van” inicia o trabalho trazendo uma série de guitarras densas e arrastadas, que vão se estendendo por quase metade da faixa. A mudança súbita no ritmo revela toda a fúria e peso que a banda possui e logo nos envolvemos pelo clima caótico e instrumental poderoso que a banda possui. “Are You Fucking Kidding Me” é a próxima e desde o início deixa claro sua proposta direta.O ritmo violento dispara uma série de riffs pesados e demonstram a qualidade da performance vocal da banda, transmitindo com clareza a ideia por trás das letras.

“Throwing Bullets” demonstra o lado mais brutal da banda onde as influências do Grindcore soam mais afiadas do que nunca e emanam toda fúria da banda de uma forma crua e direta. “On and On” possui um ritmo menos acelerado, algo que se tratando da Call of the Void não significa menos agressividade ou intensidade, a faixa se constrói de maneira sólida e entrega um refrão impactante. “Never Enough” encerra o trabalho entregando outro capítulo de sua sonoridade esmagadora, a banda conduz a faixa com muita autoridade e executa uma série de ritmos repletos de energia e aquele tom de agressividade completamente genuíno.

A.Y.F.K.M. será lançado no próximo dia 16 e com certeza vai corresponder as expectativas daqueles que acompanharam as faixas que já foram divulgadas do EP. Sujo e brutal, este é um tipo de som que fará você bater a cabeça tão violentamente que seus olhos saltarão para fora do seu crânio, no melhor estilo possível feito pela Call of the Void.

Tracklist:
01 – Get in the Van
02 – Are You Fucking Kidding Me
03 – Throwing Bullets
04 – On and On
05 – Never Enough

A huge thanks to Shannon for the EP.

Anúncios

Um comentário sobre “Call of the Void – A.Y.F.K.M.

  1. My first contact with Call of Void occurred in early 2015, on the occasion I had the opportunity to review the album Ageless for Ignes Elevanium. Almost two years later I have the chance to talk again about a release of this american four piece, this time with the coming EP A.Y.F.K.M.

    There is not much mystery about what the band does, it keeps all that filth coming from Sludge in combination with influences that bring the aggressiveness of Grindcore and all that energy of Crust and Hardcore Punk, which makes a simple definition of its sound something subjective and that goes beyond any label available. A.Y.F.K.M. has 5 tracks that present a well-made composition process and that is presented with a high level production, turning the final result into something worthy of the most sincere compliments.

    “Get in the Van” starts the work bringing a series of dense and dragged riffs, which extend for almost half the track. The sudden change in rhythm reveals all the fury and heaviness that the band has and soon we get involved by the powerful and chaotic instrumental climate that the band make. “Are You Fucking Kidding Me” is the next and from the beginning makes clear its direct proposal. The violent rhythm triggers a series of heavy riffs and demonstrate the quality of the vocal performance of the band, clearly transmitting the ideas behind the lyrics.

    “Throwing Bullets” demonstrates the brutal side of the band where Grindcore’s influences sound sharper than ever and emanate all the fury of the band in a raw and direct way. “On and On” has a less accelerated rhythm, something about Call of the Void does not mean less aggressiveness or intensity, the track builds solidly and delivers a shocking chorus. “Never Enough” ends the work delivering another chapter of its crushing sound, the band leads the track with great authority and performs a series of energy-filled rhythms and that tone of aggression that is completely genuine.

    A.Y.F.K.M. will be released on December 16th and will certainly match the expectations of those who have followed the tracks that have already been released from the EP. Filth and brutal, this is a kind of sound that will make you headbanging so violently that your eyes will pop out of your skull in the best style made by Call of the Void.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s