Picaporters – El Horror Oculto

Stoner / Doom
Argentina
Facebook / Bandcamp / Spotify
South American Sludge Records / Lucifer Discos

El Horror Oculto é o segundo álbum da banda argentina Picaporters, lançado no dia 20 de Maio. O trio formado por Juan Pablo Herrero (baixo / vocal), Lucas Barrue (guitarra) e Juan Pablo Vazquez (bateria) é responsável por um dos álbuns mais interessantes da cena sul americana no ano, além de apresentar uma qualidade superior ao álbum anterior Elefantes, lançado em 2013.

As composições em El Horror Oculto apresentam muita criatividade e uma execução bem realizada, os membros da banda possuem muitos anos dedicados à música e esse amadurecimento de ideias era mais do que esperado. O álbum traz uma boa dose de elementos vindos da música Psicodélica e do Blues, mas o plano principal do trabalho se resume em um Stoner / Doom de muito peso, que alterna entre momentos mais diretos e de uma sonoridade mais limpa, com passagens nas quais a banda cria uma atmosfera densa onde as faixas seguem um ritmo arrastado e clima obscuro.

Em faixas como “El Roble Viejo” e “Zombies”, a banda desenvolve uma sonoridade que se encaixa dentro dessa abordagem mais direta que citei anteriormente, a veia Stoner da banda se apresenta mais afiada e sem muitas voltas, a Picaporters distribui uma série de riffs empolgantes e repletos de fuzz que ditam o ritmo frenético de ambas as faixas, lembrando algo vindo de bandas mais clássicas do estilo.

O lado mais sombrio e obscuro da banda se manifesta em faixas como “Diferentes Formas de Ostras” e “Los Espejos” (que conta com a participação de Sergio Ch.). A primeira apresenta uma extensa passagem na qual os instrumentos trazem mínimos detalhes e flertam com uma sensação mais melancólica e atmosfera carregada. A mudança súbita de ritmo leva a proposta da banda para uma abordagem influenciada pelo Sludge, onde o instrumental pesado é acompanhado por uma série de vocais mais agressivos em um tom harsh. Em “Los Espejos” a banda desenvolve um instrumental mais elaborado e com diversas mudanças de ritmos, que apesar de contar com uma passagem mais agressiva e direta, o ritmo arrastado e sombrio é o plano principal, com a adição dos cânticos obscuros na parte final da faixa que atinge um climax incrível.

As ótimas “El Horror Oculto” e “War Is Over” trazem doses generosas de Blues Rock e Rock Psicodélico em suas abordagens. Ambas as faixas flertam com as mais diversas sensações possíveis que a música da Picaporters pode proporcionar ao ouvinte. O instrumental precisamente elaborado e repleto de passagens marcantes, apresenta ritmos que vão desde um clima lisérgico dos anos 70, passagens mais cadenciadas que resgatam a essência de bandas mais clássicas do Doom Metal e ainda algo vindo da cena do Stoner Rock dos anos 90. Completam o álbum a floydiana “Humo Ancestras”, a breve instrumental “Etude 6” e a esmagadora “Ra”.

Tracklist:

01 – El Roble Viejo
02 – Diferentes Formas de Ostras
03 – Los Espejos
04 – Humo Ancestral
05 – El Horror Oculto
06 – Zombies
07 – Etude 6
08 – Ra
09 – War Is Over

Anúncios

Uma opinião sobre “Picaporters – El Horror Oculto”

  1. “El Horror Oculto” is the second album of the argentine band Picaporters, released on May 20th. The trio formed by Juan Pablo Herrero (bass / vocals), Luke Barrue (guitar) and Juan Pablo Vazquez (drums) is responsible for one of the most interesting albums of the South American scene in the year, and provide a higher quality work than previous album “Elefantes” , released in 2013.

    The compositions in “El Horror Oculto” have a lot of creativity and a well done performance , the band members have many years dedicated to music and this maturation of ideas was more than expected. The album features a good deal of welcome elements of Psychedelic music and Blues, but the main work plan is summarized in a heavy Stoner / Doom, alternating between more direct moments and a cleaner sound, with passages in which the band creates a dense atmosphere where the tracks follow a dragged rhythm and dark atmosphere.

    On tracks like “El Roble Viejo” and “Zombies”, the band develops a sound that fits within this more direct approach I mentioned earlier, the band’s Stoner vein performs a straight path and without many turns, the Picaporters distributes a series of exciting riffs and full of fuzz that dictate the frenetic pace of both tracks, remembering something from more classic bands of the style.

    The darker and obscure side of the band manifests itself in tracks like “Different Forms of Oysters” and “Los Espejos” (which includes the participation of Sergio Ch.). The first features an extensive passage in which the instruments bring some small but efficient details and flirt with a more melancholy feel and charged atmosphere. The sudden change in rhythm leads to the proposal for a band influenced by Sludge approach, where the heavy instrumental is accompanied by a series of more aggressive vocals in a harsh tone. In “Los Espejos” the band develops a more elaborated instrumental and several changes of rhythms, which despite having a more aggressive and direct passage, the oace dragged and gloomy is the main plan, with the addition of obscure chants at the end of the track that reaches an amazing climax.

    The great “El Horror Hidden” and “War Is Over” bring generous doses of Blues Rock Psychedelic Rock in their approaches. Both tracks flirt with a range of experiences possible that the music Picaporters can provide to the listener. The precisely prepared instrumental and filled with striking passages, it presents rhythms ranging from a lysergic climate of the 70s, more rhythmic passages that rescue the essence of more classic bands of Doom Metal and even something from the stoner rock scene of the 90s Rounding the album there’s the floydish “Humo Ancestras” the brief instrumental song “Etude 6” and the crushing “Ra”.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s