Body Void – Ruins

Padrão

Body Void – Ruins

Sludge / Doom
Estados Unidos
Facebook / Bandcamp

Surgindo das cinzas da Devoid, Body Void é um trio vindo de São Francisco da Califórnia e tem como objeto produzir um som visceral, nervoso e com muito peso. O EP Ruins foi lançado em 16 de Junho e reúne 4 faixas de uma sonoridade atordoante, repleta de riffs poderosos, vocais furiosos e agonizantes, além de um clima caótico e soturno contido ao longo do álbum.

O trio formado por Will Ryan (guitarra, vocal), Parker Ryan (baixo) e Edward Holdgerson (bateria), consegue criar um Sludge / Doom cru, direto, sem firula, algo já claramente nítdo na faixa de abertura Swan. A banda sabe como adicionar elementos vindos do Crust e Drone ao longo das faixas.

Toda agressividade da veia Crust da banda é distribuída em Erased, faixa seguinte. Um ritmo pesado, mais veloz e com aquele d-beat sob medida ditam o rumo da faixa. Monolith é auto explicativa, a banda cria um ritmo monolítico e intensamente pesado ao longo da faixa. Suja, arrastada, com timbres graves e pesados e uma bateria carregada que soa como um trovão, tudo isso sendo liderado pelo vocal inquieto do Will Ryan, a faixa traz uma verdadeira devastação sonora ao ouvinte. A faixa título encerra o EP e é a minha favorita. Durante 16 minutos, a banda leva o ouvinte a uma jornada única, com uma densidade vinda de uma atmosfera sombria e fria. Um rimo mais cadenciado com uma forte pegada Drone, a faixa traz uma construção bem elaborada e não perde a qualidade. A banda ainda soube encaixar uma passagem mais psicodélica na segunda metade da faixa, o tom mais destacado, estridente e chapado da guitarra durante um solo que se estende até os instantes finais, onde a banda alterna entre todo peso e intensidade possível ao melhor estilo de nomes como Primitive Man e Burning Witch, com ritmos cadenciados num clima mórbido e cavernoso. Um dos releases mais interessantes que escutei até o momento e fico ansioso desde já por mais material da banda.

=====

Arising from the ashes of Devoid, Body Void is a trio from San Francisco, California, and aims to produce a visceral sound, nervous and too much weight. EP Ruins was released on 16 June and brings together 4 tracks from a stunning sound, filled with powerful riffs, furious and agonized vocals, plus a chaotic and gloomy atmosphere contained throughout the album.

The trio formed by Will Ryan (guitar, vocals), Ryan Parker (bass) and Edward Holdgerson (drums), can create a Sludge / Doom raw, direct, without eye candy, something has clearly marked the opening track Swan. The band knows how to add elements coming from Crust and Drone along the tracks.

The aggressive Crust vein of the band is distributed on “Erased”, the second track. A heavy pace, faster and with that d-beat tailor dictate the rhythm of the track. Monolith is self explanatory, the band creates a monolithic, intensely heavy pace along the track. Dirty, dragged with serious and heavy tones and a charged battery that sounds like thunder, all being led by the restless voice of Will Ryan, the band brings a real sonic devastation to the listener. The title track closes the EP and is my favorite. For 16 minutes, the band takes the listener to a single journey, with a density coming from a dark and cold atmosphere. A more measured pace with a strong footprint Drone, the band brings an elaborate construction and does not lose quality. The band knew fit a more psychedelic passage in the second half of the range, the most prominent, high-pitched tone and stoned guitar during a solo that extends until the final moments where the band alternates between every weight and intensity as possible, following names like Primitive Man and Burning Witch, with cadenced rhythms in a morbid and cavernous climate. One of the most interesting releases I’ve heard to date and look forward already for more material from the band.

Tracklist:

01 – Swan
02 – Erased
03 – Monolith
04 – Ruins

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s